CÁLCULO DE INCERTEZAS PARA ENSAIOS MICROBIOLÓGICOS 

 

CARGA HORÁRIA: 14 horas

 

OBJECTIVOS

Dar a conhecer o conceito de incerteza da medição, e a forma de considerar esta estimativa da qualidade do ensaio, na sequência da avaliação da conformidade do item analisado, com os limites de uma especificação ou legislação. Apresentar a documentação relevante para avaliação da incerteza da medição em ensaios microbiológicos.

 

DESTINATÁRIOS

Este curso destina-se a técnicos e responsáveis técnicos de laboratórios, públicos e privados, de ensaios microbiológicos, com responsabilidade na quantificação da incerteza da medição.

 

PROGRAMA

  • Conceito de Incerteza
  • Requisito 5.4 da NP EN ISO/IEC 17025
  • Documentação normativa aplicável
  • Aplicação da ISO 19036:2006 e Amend 1 :2009
    • A Abordagem Global
    • Classificação de Matrizes
    • Protocolo experimental e Regras para o cálculo
    • Diferenciação entre Valores baixos e Altos
    • Cálculo aplicável a valores baixos – aplicação do amend. 1 ISO/TS 19036:2009
    • Exemplos práticos ‐ Metodologias de cálculo / folhas de cálculo
  • Aplicação da ISO 29201:2012
    • A Abordagem Global Modificada
    • Conceito de Variabilidade operacional e Variabilidade Intrínseca
    • Avaliação da incerteza operacional ‐ Protocolo experimental e Regras para o cálculo
    • Incerteza combinada do resultado
    • Cálculo de incerteza em Métodos de contagem de colónias
    • Cálculo de incerteza em Métodos de NMP
    • Exemplos práticos ‐ Metodologias de cálculo / folhas de cálculo

  

 PARA MAIS INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES